CARTA DE REPÚDIO À REMUNERAÇÃO VARIÁVEL NA PREVI

A ANAPLAB - Associação Nacional dos Participantes do PB1 da PREVI, irmanada com as mais representativas associações de aposentados do BB na PREVI, vem manifestar de público seu total REPÚDIO à aprovação pelos indicados do BB no Conselho Deliberativo, em reunião do dia 31.07.2014, na qual foram forçados a fazer uso do odiado voto de Minerva, em que houve aprovação e regulamentação para pagamentos de BÔNUS extras a diretores, também chamados pelo eufemismo de ?REMUNERAÇÃO VARIÁVEL?, na qual privilegiados diretores, além de bônus normais e fixos que já recebem de seis (06) salários ao ano (cerca de R$ 282.000,00), irão receber a título desta REMUNERAÇÃO VARIÁVEL de quatro (04) a seis (06) salários adicionais (entre R$ 188.000,00 a R$ 282.000,00), considerando o salário atual de diretor da PREVI no valor de R$ 47.000,00 (Quarenta e sete mil reais.)

Como o nosso fundo é SEM FINS LUCRATIVOS, pedimos que seja revisto, e até EXTINTO o atual Contrato de Cessão de funcionários do BB para a PREVI. Em substituição, temos centenas de ex-funcionários do BB, hoje aposentados pela PREVI, muitos dos quais com mais de 50 cursos realizados no BB, e que poderão, com grande desenvoltura desempenhar estas funções que o BB ocupa com melhor desempenho e resultado, com apenas 10% (dez por cento) da atual remuneração dos diretores impostos pelo BB à PREVI.

Ari Zanella

Presidente Administrativo

Jane Torres de Melo

Vice-Presidente Administrativo

Lázara Rabelo de Araújo

Vice-Presidente para Assuntos Previdenciários

José Gilvan Pereira Rebouças

Vice-Presidente Financeiro